Cristiano Ronaldo vive o melhor momento de sua carreira (Foto: Instagram / Cristiano Ronaldo)

Cristiano Ronaldo está no topo do mundo, e isso, embora pareça, não é apenas mais um clichê barato. Poucas vezes na história do futebol um jogador obteve tantas conquistas em curto espaço de tempo quanto o português nas últimas semanas, e não apenas dentro de campo. O astro do Real Madrid acumula troféus, fama e dinheiro em uma velocidade impressionante e não dá nenhum sinal de que essa fase gloriosa terminará tão cedo.

Em um período de 13 dias, Cristiano conquistou o Campeonato Espanhol, que o Real passou quatro temporadas sem ganhar (para o clube, é uma eternidade), e a Liga dos Campeões da Europa pela terceira vez em quatro anos. Foi o quarto título do português na maior competição de clubes do mundo, já que ele a havia vencido também como jogador do Manchester United, em 2008.

Os dois gols marcados na final de Cardiff, contra a Juventus, foram o final perfeito para uma temporada em que o atacante tornou-se o primeiro atleta a superar a marca de cem gols na Liga dos Campeões – ele agora tem 105. O desempenho de Cristiano na reta final do torneio foi avassalador: ele marcou cinco vezes nas duas partidas das quartas de final, contra o Bayern de Munique, destruiu o Atlético de Madri com três gols na primeira semifinal e fez mais dois na decisão.

Isso tudo foi o que o astro ganhou em campo, mas o que ele conquistou longe dos gramados nas últimas semanas é ainda mais impressionante. Nesta quarta-feira, a revista americana “Forbes” publicou sua lista anual dos atletas que mais dinheiro ganham no mundo e adivinhem quem foi o campeão de faturamento em 2016? Cristiano Ronaldo, é claro, com 93 milhões de dólares (58 milhões em salários e 35 milhões em patrocínios). Esse valor equivale a R$ 304 milhões (veja abaixo os dez primeiros da lista).

Mas isso não é tudo. Alguns dias atrás, a ESPN dos Estados Unidos produziu uma lista dos atletas mais famosos do planeta. Para elaborar esse trabalho, a rede de televisão leva em conta o ganho com patrocínios, a popularidade nas redes sociais e a quantidade de vezes em que o nome do esportista aparece em sites de busca como o Google. Cruzando todos esses dados, a ESPN concluiu que o esportista mais famoso do mundo é Cristiano Ronaldo (veja abaixo os dez primeiros da lista).

A vitória do português nesse estudo deveu-se principalmente à sua absurda popularidade nas redes sociais. Ele tem aproximadamente 121 milhões de seguidores no Facebook (é o recordista mundial entre pessoas físicas), 101 milhões no Instagram (é o homem com mais seguidores) e 53 milhões no Twitter (número um entre os atletas).

Para completar esse extenso rol de conquistas, é mais do que provável que Cristiano seja eleito pela quinta vez pela Fifa o melhor jogador do mundo, empatando com seu rival Lionel Messi. Neste ano, a cerimônia do prêmio The Best vai ser pela primeira vez realizada em outubro, já que o período de abrangência da eleição será o da temporada europeia. E, depois do ocorrido em Cardiff, é praticamente impossível que o vencedor não seja o português do Real Madrid.

Os dez atletas que mais faturaram em 2016 (segundo a revista “Forbes”):

1º) Cristiano Ronaldo (POR) – futebol – 93 milhões de dólares
2º) LeBron James (EUA) – basquete – 86,2 milhões de dólares
3º) Lionel Messi (ARG) – futebol – 80 milhões de dólares
4º) Roger Federer (SUI) – tênis – 64 milhões de dólares
5º) Kevin Durant (EUA) – basquete – 60,6 milhões de dólares
6º) Andrew Luck (EUA) – futebol americano – 50 milhões de dólares
Rory McIlroy (GBR) – golfe – 50 milhões de dólares
8º) Stephen Curry (EUA) – basquete – 47,3 milhões de dólares
9º) James Harden (EUA) – basquete – 46,6 milhões de dólares
10º) Lewis Hamilton (GBR) – automobilismo – 46 milhões de dólares

Os dez atletas mais famosos do mundo (segundo a ESPN):

1º) Cristiano Ronaldo (POR) – futebol
2º) LeBron James (EUA) – basquete
3º) Lionel Messi (ARG) – futebol
4º) Roger Federer (SUI) – tênis
5º) Phil Mickelson (EUA) – golfe
6º) Neymar (BRA) – futebol
7º) Usain Bolt (JAM) – atletismo
8º) Kevin Durant (EUA) – basquete
9º) Rafael Nadal (ESP) – tênis
10º) Tiger Woods (EUA) – golfe

Comments

comments